O CACHORRO E O PNEU

22/07/2013 15:20

Dizem que, depois da tempestade, vem a bonanza. Seria este ditado aplicado às manifestações ocorridas neste último mês? 

Ainda é cedo para afirmar, mas algumas coisas já podemos vislumbrar adiante.

1) O "Governo" deu mostras de que cedeu aos apelos das ruas. Mas cedeu mesmo? Engavetou uma PEC, "prendeu" um deputado condenado pelo STF, recuou no aumento das tarifas do transporte público enfim, deu migalhas para tentar apaziguar os ânimos. Ah!, me esqueci. Acena com um plebiscito. Sensacional!!!

2) O movimento de ir às ruas foi bastante positivo, mas será que vai ter fôlego para chegar até outubro de 2014, quando se darão as novas eleições??? Até lá vamos viver das migalhas???

3) Que as coisas estão ruins não há dúvida. A imprensa noticia, hoje, uma revisão, para baixo, do crescimento do PIB brasileiro. Estamos a caminho de um novo "pibinho".  A política de puxar o crescimento econômico pela ponta do consumo já deu o que tinha de dar. O que sustenta um crescimento de um país é investimento em infra estrutura que não aconteceu. Tampouco para a tão detestada Copa do Mundo. O que podemos esperar de um governo que não dá mostras de mudar este rumo das coisas???

4) E uma coisa muito mais importante, na minha opinião. O grito de "Fora PT" ecoa pelo país, inclusive com o meu apoio. Mas quem colocar no lugar dele???? Qual figura nacional tem estofo, apoio político e projeto de governo que faça com o que país siga o rumo que deve seguir e que todos queremos que siga? Vamos tirar das mãos do PT e entregar nas mãos de quem???

 

 

São muitas questões que precisam ser respondidas para que o clamor que ecoou pelas ruas não se perca na escuridão e fiquemos com aquela sensação do cachorro que corre atrás do carro e, quando este para, ele olha para o pneu sem saber o que fazer com ele, vira as costas e vai cuidar de sua vida.


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!